Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba

Mudanças I

O prefeito Fernando Vascon-celos deve fazer algumas alterações no seu quadro de secretários visando concluir a reforma iniciada no semestre passado e desenhar o novo traçado para 2016.

Mudanças II

A primeira mexida está sendo feita na Secretaria de Meio Ambiente com a saída do titular Wesley Ferreira Nunes. Ainda sem definir quem será o substituto, o prefeito nomeou interinamente o secretário de Obras Cleiton Camilo dos Santos para responder pela pasta.

Verificando... I

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Goiatuba encaminhou requerimento solicitando a documentação contábil do FUNDEB para verificar denúncias de possíveis irregularidades na pasta.

Verificando... II

A documentação requeri-da se refere ao período de janeiro a setembro de 2013. A Câmara deve apurar a denúncia de que foram realizadas despesas indevidas e alterações de letra de alguns servidores, beneficiando-os com mudanças nos salários.

Verificando... III

A Coluna conseguiu apurar junto a uma fonte ligada à Mesa Diretora, que a intenção é apurar se houve ou não as irregularidades denunciadas à Câmara e se houve tomar as medidas necessárias.

Equilíbrio I

O presidente do Conselho Gestor da FESG/FAFICH, o advogado Vinícius Borges di Ferreira, que completou 90 dias à frente da instituição disse que tem trabalhado diuturnamente junto com sua equipe para sanear e equilibrar as contas da entidade.

Equilíbrio II

Vinícius revelou que em agosto pagou as folhas salariais de julho e de agosto (dentro do mês), além do 13º salário de maio e os remanescentes de abril. As folhas de setembro e outubro também foram pagos dentro do mês.

Equilíbrio III

A gestão de Vinícius tem pago em dia os CDCs (consignados) dos servidores, cartão dos servidores, IAG, GoiatubaPrev e INSS, mantendo todas as obrigações atualizadas.

Equilíbrio IV

Segundo Vinícius, “temos feito uma verdadeira ginástica para honrarmos todos estes compromissos, pois nunca houve uma inadimplência tão alta, hoje, 37%, sem contar que a OVG deve cerca de R$ 930 mil para a FESG do Programa Bolsa Universitária”, revela.

Equilíbrio V

Para o gestor, o desafio agora é negociar com os fornecedores que ainda possuem crédito a receber da instituição e também manter o plano de investimentos, entre eles, a climatização de todas as salas de aula, irrigação do Campus de Agronomia, construção dos novos laboratórios e a conclusão do auditório.

Educação I

O subsecretário regional de Educação, Prof. Lacordaire Constantino Ribeiro revelou à Coluna que o “Jardim”, uma das escolas mais tradicionais de Goiatuba e deixará de ser uma extensão do Colégio Estadual, sendo transformada a partir de janeiro em escola.

Educação II

Segundo prof. Lacordaire, a situação era insustentável e trazia grandes prejuízos aos alunos pelo fato de que é impossível o mesmo quadro gestor administrar duas unidades educacionais.

Educação III

Para transformar a unidade novamente em uma escola, Prof. Lacordaire peregrinou por alguns dias dentro dos departamentos necessários em Goiânia, onde fez o processo de criação da escola caminhar.

Educação IV

Outro trabalho que o prof. Lacordaire está empenhado é na conversão do Colégio Estadual de Goiatuba em uma unidade de Colégio Militar (Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa recentemente. SE depender dele, a unidade inicia 2016 no novo sistema.

Educação V

Lacordaire ressaltou que o prefeito Fernando Vasconcelos e o deputado Álvaro Guimarães estão dando total apoio para que o processo seja concluído o mais breve possível.

Cadê a Bandeira? I

Mistério no ar... Onde foi parar a Bandeira do Brasil hasteada na Praça da Bandeira? Um larápio mão leve carregou sabe-se lá pra onde o Pavilhão Nacional!

Cadê a Bandeira? II

A Assessoria de Comunica-ção que tem feito com frequência a manutenção nas bandeiras hasteadas nos órgãos públicos percebeu esta semana que alguém levou o símbolo maior da pátria, deixando apenas as bandeiras do município e do estado.

Legislativo I

O período legislativo do mês de novembro será de 16 a 20, sempre às 19h:30m, no Plenário da Câmara Municipal. Portanto, prepare-se e acompanhe o trabalho do seu vereador.

Legislativo II

São nas sessões da Câmara Municipal que as decisões que podem impactar na sua vida são tomadas e quem não participa não tem o direito de reclamar.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior