Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Edeia -

Edéia realiza Semana Nacional do Excepcional

Edéia realiza Semana Nacional do Excepcional


Por: Vilma Pontes Lacerda
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Edéia – APAE realizou na noite de sábado (24), um grande momento de interação dos usuários da Instituição, com a população local. Um evento muito bonito, oportunizando também, voz e espaço aos alunos e auto-defensores, profissionais, pais e amigos da causa, um esforço para sensibilizar e conscientizar a sociedade e os órgãos públicos e privados sobre os direitos fundamentais de cidadania das pessoas com deficiência. Marcaram presença,  além do Presidente da APAE Filogônio Neto, a  Primeira Dama Zélia Faria de Freitas, o Presidente da Câmara Weider Pereira de Lacerda, Vereadores  e várias outras autoridades locais.

Segundo a Coordenadora da APAE Rozane Luzia F. Ferreira, todos os anos, o movimento “Apaeano” reserva a data de 21 a 28 de agosto para praticar ações que tem como principal objetivo, divulgar à comunidade, os direitos e deveres que são inerentes às pessoas com deficiência intelectual e múltipla. A Semana do Excepcional representa um marco na conscientização referente aos direitos das pessoas com necessidades especiais. Esse ano, todas as atenções se voltaram para o tema “Desafiando Limites, Diminuindo as Diferenças”. Ainda, de acordo com ROZANE, baseado em tudo isso, foi elaborado o projeto de uma festividade com apresentações culturais, em que, usuários da APAE, alunos das escolas e programas sociais do município apresentaram seus trabalhos com muito entusiasmo. Além disso, contou com um show da dupla Douglas e Fellipe, que também animou a festa. O principal objetivo desse projeto é valorizar a vida e sensibilizar os vários segmentos da sociedade com a questão das pessoas com necessidades especiais, irmãos que merecem todo nosso amor e respeito. E finalizando, a Coordenadora ressaltou: “precisamos ainda de políticas públicas que definam o financiamento da educação especial que atualmente, carece de uma destinação de recursos de forma mais justa. Luta-se, por exemplo, pela destinação de 30% do Fundo da Educação Básica para a educação especial e pelo cumprimento do Art. 60 da LDBEN e do Art. 213 da Constituição Federal que tratam, especificamente, do financiamento das Instituições filantrópicas que militam na área. E aproveitando a oportunidade, queremos agradecer a todos os envolvidos direto ou indiretamente, na realização desse projeto (diretoria da APAE, funcionários, colaboradores, doadores e a comunidade em geral, principalmente, aos que compareceram ao evento), pelo apoio e credibilidade que demonstraram pelo nosso trabalho”.


Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior