Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiânia -

Lançado o Cadastro Ambiental Rural em Goiás

Lançado o Cadastro Ambiental Rural em Goiás


O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, participou, na tarde desta quarta-feira (23), ao lado do governador Marconi Perillo, do lançamento da primeira etapa do Cadastro Ambiental Rural (CAR), módulo off-line, no auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

A ferramenta permite que as informações sejam gravadas em qualquer mídia digital (registro off-line) e depois enviadas para o sistema central. O CAR é um importante instrumento para garantir a segurança jurídica aos proprietários de imóveis rurais e pré-condição para o ingresso nos processos de regularização ambiental. No futuro, o cadastro também será utilizado para acesso ao crédito rural.

Para o presidente da Faeg, José Mário Schreiner, o CAR foi a maior conquista dos produtores rurais com a aprovação do novo Código Florestal brasileiro e, consequentemente, do Código Florestal de Goiás. Ele acredita que com a ferramenta e com a nova legislação, o Brasil terá o modelo mais avançado do mundo garantindo diminuição na burocracia e no atraso de licenciamentos.

Ele ainda acrescentou que o CAR vai trazer uma radiografia de todas as propriedades rurais de Goiás e propiciar ao produtor de acordo com a legislação, que continue produzindo, e ao que por algum motivo não esteja, tenha um prazo adequado para se ajustar às regras.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, lembrou que o Estado foi o primeiro a se preparar para o CAR. Falou que cada vez mais Goiás vai ficando na vanguarda. Ele parabenizou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Goiás (Semarh) com o envolvimento da Faeg e da Seagro no desenvolvimento da ferramenta. Para ele, o governo de Goiás é parte interessada em produzir com preservação. “Teremos um superávit de 2,5 bilhões este ano graças ao agronegócio”, disse.

Francisco Gaetani, secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, agradeceu Goiás por ter tido sucesso no CAR e comentou que a nova lei florestal brasileira é equilibrada, possui aderência à realidade e é possível de ser cumprida. O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Leonardo Vilela, acredita que o CAR é um marco para o meio ambiente e para a produção agropecuária e permitirá que o proprietário com passivo ambiental possa fazer a recuperação da propriedade em até 20 anos.


Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior