Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Edeia -

Obras prometidas pela Votorantim não saem do papel

Obras prometidas pela Votorantim não saem do papel

Sebastião Alves
Com objetivo de estabelecer compromissos de longo prazo com as Comunidades de Edealina e Edéia, em função da instalação da nova fábrica na região, a Votorantim Cimentos, em parceria com o Instituto Votorantim, assinou no final de janeiro de 2013, protocolos de intenções com as prefeituras de ambas as cidades. Estiveram presentes os dois prefeitos, Élson Tavares de Freitas (Edéia) e João Batista Boiadeiro ( Edealina ) e o gerente de projetos da Votorantim Cimentos, Flávio Freire, secretários de saúde e outras autoridades.

Na oportunidade foi estabelecido um prazo limite para serem viabilizadas uma Unidade de Saúde de porte 1 para Edealina com aparelhagem adequada para a realização de intervenções de pequena e média complexidade, além de equipamento de Raio- X, entre outros. Assim foi prometida também a Edéia, que a partir da doação de uma área a serem doadas pelas prefeituras, as obras seriam entregues em julho deste ano. O terreno que foi doado pela Prefeitura de Edéia e está localizado na rua 2, Qd 4, lt 5, Setor Elite, com 2.187,85 m².

A obra prometida para Edéia seria uma unidade mista de saúde (UMS) que seria construída pela Votorantim Cimentos e caberá a prefeitura a equipar a unidade e a contratação de pessoal para garantir o atendimento dos pacientes. A reportagem entrou em contato com Flávio Freire, da Votorantim Cimentos e este informou que o atraso se deu pela burocracia, mais não informou quando iniciará as obras. Os prefeitos de Edéia e Edealina, assim como as duas comunidades aguardam o resgate deste compromisso e esperam que a demora não se arraste, pois já está chegando o fim de ano e até agora só ficou no papel.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior