Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Economia -

Dia do algodão reúne produtores e autoridades


Secretário de Agricultura, Flávio Lima, repassa documento do governador aos produtores de algodão

Dia do algodão reúne produtores e autoridades

 

O Dia do algodão, realizado na última semana na Fazenda Santa Rita, em Goiatuba, reuniu dezenas de produtores  e empresários da cadeia produtiva da cotonicultura de diversas regiões do País. Na oportunidade, eles puderam conhecer novas tecnologias, variedades, além de receber informações sobre o mercado e a política regional, nacional e internacional sobre o produto.


O evento serviu para reunir lideranças ligadas à iniciativa privada e governamental, as quais puderam debater sobre o atual momento e o futuro do algodão em todos os níveis, a começar pela produção da fibra.


Segundo o presidente da Associação Goiana de Produtores de Algodão de Goiás, Marcelo Jony Swart, “o governo estadual precisa dar mais incentivo à produção de algodão para que a cultura possa continuar se desenvolvendo”. O líder algodoeiro ressaltou a importância da implantação do Laboratório de Classificação da fibra que otimizará o tempo gasto atualmente pelos produtores.


Para o presidente da ABRAPA, Sérgio de Marco, “a cultura do algodão cresceu vertiginosamente chegando à casa dos 2 milhões de hectares em 2011 e o crédito continua sendo o fator mais importante para o produtor, além do fortalecimento das Associações. Hoje, a cadeia do algodão emprega 1,7 milhão de pessoas, mostrando sua força”.


Já o presidente da FAEG, José Mário Schreiner, ressaltou que “o alto nível de organização do setor cotonicultor precisa se estender para outras culturas”. Avaliou que a aprovação do novo Código Florestal Brasileiro atenderá os anseios de toda classe produtora e também ao meio ambiente, mesmo as partes abrindo mão de alguns pontos defendidos por cada lado.


Quanto à posição do governo goiano, o secretário estadual de Agricultura, Antônio Flávio Camilo de Lima, informou que o Governo Estadual está aberto para o diálogo com os produtores para que juntos possam debater o setor, “o governos está aberto para melhorar as condições do setor algodoeiro”.


O secretário salientou que desde a criação do FIALGO, 11 anos atrás, o setor deu um salto. Também ressaltou sobre as visitas das missões goianas à China, onde foram assinados protocolos para comercialização dos produtos goianos, incluindo 6 milhões de toneladas de soja e que o governo continuará investindo para melhorar a infraestrutura para dar suporte ao setor produtivo.

 


Hermes Traldi, Flávio Lima, Bartolomeu (Tim) e Marcos

 


Família Shimohira, anfi triã do evento

 


Lideranças marcaram presença no Dia do Algodão 2011

 


Secretário Flávio Lima, José Mário e Paulo Shimohira

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior