Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Artigo -

Aprendendo a viver

Aprendendo a viver

 

 Viver bem não é difícil, a qualidade de vida é a soma de pequenas atitudes e escolhas cotidianas. Juntas, elas melhoram nossa saúde física e emocional.

Algumas recomendações já são bem conhecidas: limitar o consumo de açúcar, usar filtro solar, controlar o peso... Colocá-las em prática não é complicado: basta acreditar que você merece, sim, viver melhor.

Peguei uma aqui e outra ali e reuni umas dicas saudáveis pra gente aqui no blog, pra gente sim, pois também preciso, claro!

Tire os sapatos, apague as luzes, acenda velas e ponha uma música. Feche os olhos e deixe o som levar você a um lugar exótico. Que tal uma praia à noite? Sinta a umidade da areia e o cheiro do mar. Mova seu corpo. Quando acabar, você estará renovada, bonita e sexy.

Purê de maçã substitui parte da gordura de um bolo. Basta cozinhar a fruta e batê-la no liquidificador. Num bolo com 100 g de manteiga, use só 50 g e adicione ½ xícara desse purê.

Faça um ensaio fotográfico sensual (não vulgar!) e presenteie seu parceiro. Ambos descobrirão outra mulher!

Sabe por que você morre de preguiça de fazer exercícios? Justamente por ser sedentária! Quem se exercita regularmente tem muito mais disposição. Descubra as academias perto da sua casa ou do seu trabalho e peça para fazer uma aula-teste. É de graça!

Literalmente! A hidratação diária será mais eficiente se você colocar um papel-filme sobre a pele após a aplicação do creme. Apenas 15 minutinhos são suficientes para uma ótima absorção.

Questione-se sempre: “para quê?”, “por quê?” e “como?”. Terminou um relacionamento? O “por quê?” evitará os mesmos erros no futuro. O “para quê?” é para não sofrer mais do que deve. Já o “como?” indicará novos caminhos.

Ter experiência é bom, mas ela adormece nossa sensibilidade, tornando os dias iguais e sem sentido. Aprenda a se maravilhar novamente observando uma criança: ouça o que ela tem a dizer e desarme-se daquela atitude de adulto que sabe tudo.

Esse é o resultado prático de uma respiração oriental que harmoniza as forças masculinas e femininas. Inspire por quatro segundos, retenha o ar por quatro segundos, solte em quatro segundos e deixe o pulmão vazio por quatro segundos. Repita isso sete vezes, diariamente.

 

Artigo publicado em 26.10.2009, no blog:

http://lucianadicasaudavel.blogspot.com

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior