Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Esporte -

Goiás primeiro semifinalista

Romes Xavier
Com 24 pontos conquistados nesta primeira fase do Campeonato goiano, o Goiás é o primeiro time goiano á se classificar para a semifinal. Classificação conquistada com antecipação de três rodadas, deixa o Goiás como o único time presente em todas as semifinais do Goianão desde 2003, quando a competição passou a ter este sistema de disputa. É o 16º Campeonato Goiano consecutivo que o Goiás chega para brigar por classificação para mais uma final e o objetivo do time agora é ser líder absoluto da competição e contar com os benefícios do regulamento.

A classificação foi conquistada após empatar na quarta-feira com a Anapolina no Serra Dourada, em 1x1. A Anapolina saiu na frente com um gol de Jacó no segundo tempo, mas o Goiás conseguiu empatar com Junior Viçosa e evitou assim a derrota, que resultaria na quebra de invencibilidade. O time esmeraldino completa 12 jogos invicto, sendo nove pelo Goianão e mais três pela Copa do Brasil, com oito vitórias e agora quatro empates. O empate diante do líder do goiano 2018 não foi suficiente para que a Anapolina voltasse a figurar na faixa de classificação à Fase Semifinal da competição, porém, continua firme na luta para ser uma das quatro equipes semifinalistas da competição.

Neste momento, após os resultados da quarta-feira, os quatro times que estariam na próxima fase, seriam: Goiás (no grupo A), Vila Nova, Aparecidense e Grêmio Anápolis (no grupo B). Vila Nova, Aparecidense e Grêmio Anápolis ainda continuam na luta para chegar a Fase Semifinal da competição e necessitam de pelo menos mais uma vitória e um empate, mas podem depender de outros resultados. O Campeonato Goiano termina a fase de classificação no próximo dia 21 de março, pela primeira vez, em uma quarta-feira.

Grupo B tem briga acirrada

Três times do grupo B do Campeonato Goiano estariam classificados para a Fase Semifinal da competição. Vila Nova com 21 pontos, Aparecidense com 20 e Grêmio Anápolis com 19 estariam hoje classificados, mas ainda não estão e por isso a luta continua para ficarem no seleto grupo de semifinalistas.

O regulamento do campeonato aponta como classificados os dois primeiros de cada grupo e os dois melhores na pontuação geral, independente do grupo que estejam. Aparecidense e Grêmio Anápolis estariam classificados porque tem mais pontos que os times do grupo A, com exceção do Goiás que já está classificado e é líder geral com 24 pontos. Atlético, Iporá e Anapolina que estão no grupo A, jogam por vitórias nas próximas rodadas e sempre estarão de olho no grupo B.

CLASSICO DOMINGO NO SERRA DOURADA

Atlético e Goiás vão se enfrentar pela primeira vez no ano. O Verdão já está classificado e o time rubro-negro briga com toda a sua força para conseguir chegar lá. O Agravante do Atlético é que o time não consegue sair do lugar. O Atlético aumenta a pontuação, mas não sai da quarta posição do grupo A, se mantendo sempre atrás de Goiás, Anapolina e Iporá. Para conseguir a classificação precisa vencer os três próximos jogos, saindo dos atuais 15 pontos para 24, ou poderá contar com o tropeço da Anapolina no próximo jogo contra o Rio Verde em Rio Verde/GO e jogar por empate no confronto com a Xata, em Anápolis no dia 18, domingo, no Estádio Jonas Duarte.

A última rodada será no dia 21 e o Atlético vai jogar fora de casa com o Iporá. Se deixar para conseguir a classificação na última rodada poderá entrar pressionado e não conseguir a vaga. Em futebol não se pode deixar nada para depois.

Flamengo, grande torcida, mas sem estádio

É um absurdo o que acontece com o Flamengo e o Fluminense no Rio de Janeiro. Dois times tradicionais que estão passando por dificuldades de não se ter um estádio para mandar os seus jogos no Campeonato Carioca. Com o Maracanã fora de cogitação por estar sendo gerenciado por uma empresa particular e alto custo para sua utilização, quando não está alugado para eventos musicais, esses dois times estão sem casa. O Flamengo que nunca se preocupou em ter um estádio próprio, mesmo sendo dono da maior torcida do Brasil, cerca de 33 milhões de torcedores, manda seus jogos em estádios com capacidades pequenas ou ás vezes tem que mendigar o Nilton Santos para o Botafogo. Ou seja, um time rubro-negro jogando em um estádio com as cores em preto e branco. Um patinho fora da lagoa.

O Flamengo vai enfrentar os mesmos problemas no Campeonato Brasileiro e será presa fácil para os adversários, que são muito mais competitivos que os times que disputam o Campeonato Carioca.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior