Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba

Berçário I - Do Hospital Municipal será reestruturado para dar mais conforto e segurança aos bebês que nascerem na unidade.

BerçárioII - Segundo o secretário de Saúde, João Batista Borges (PSB), o Joãozinho do Foto, a atual estrutura não oferece condições para abrigar os recém-nascidos e não permite o isolamento necessário para evitar contaminações.

Berçário III - Joãozinho revelou que o espaço ganhará espaço para atendimento aos bebês, decoração do ambiente e também uma parede envidraçada para permitir que as visitas vejam os recém-nascidos sem a necessidade de entrar no local.

Berçário IV - Os recursos para as adequações serão do próprio município e os ajustes deverão ser feitos ainda este ano, conforme adiantou Joãozinho do Foto.

Retomada I - As obras na Unidade Básica de Saúde de Marcianópolis. A obra que é construída em parceria com o Governo Federal esteve paralisada por falta de repasse.

Retomada II - Segundo a Secretaria de Saúde, tudo indica que não deverá acontecer nova paralisação nas obras da unidade, conforme afirma o próprio Ministério da Saúde.

Retomada III - As demais unidades que estão em construção devem ser retomadas nos próximos dias, conforme adiantou a Secretaria de Saúde, que tem mantido contato permanente com o Ministério para liberação dos recursos.

Regularizado I - O programa de regularização de imóveis da Prefeitura Municipal de Goiatuba já atendeu mais de 200 famílias em diversos setores da cidade. A informação é do chefe de gabinete do prefeito Fernando Vasconcelos, Moacyr Sobrinho.

Regularizado II - A expectativa é de que outras dezenas de escrituras sejam regularizadas ainda este ano, nos dois últimos períodos legislativos de 2015 (novembro e dezembro), antes do recesso parlamentar para o final do ano.

Regularizado III - Quem quiser acompanhar as sessões do Legislativo Municipal pode colocar na agenda. O período legislativo de novembro começa nesta segunda-feira (16), a partir das 19h:30m, no Plenário da Câmara.

Regularizado IV - Segundo Moacyr, o prefeito Fernando Vasconcelos está empenhado em regularizar os imóveis doados por seus antecessores e que em alguns casos já tem família ocupando a área por mais de 30 anos, sem nenhuma segurança.

Regularizado V - Outro fator é o econômico, é que o morador em situação irregular não tem a obrigação de pagar seus impostos e taxas, como IPTU e outros, já que teoricamente não é proprietário do imóvel. A partir da regularização, ele passará a ter esta obrigação.

Rede I - O jovem Fabiano Dias Gonçalves participou no último domingo (8), em Goiânia, da convenção estadual do partido Rede Sustentabilidade, criado por Marina Silva e seus aliados.

Rede II - Fabiano e um grupo de jovens amigos está organizando a criação do partido em Goiatuba, afim de lançar candidatos a vereador nas eleições municipais de 2016.

Rede III - O novo partido tem sido procurado por políticos da velha guarda que querem migrar das atuais siglas, mas a direção nacional da Rede tem recusado muitas ofertas.

Disposto I - Está o médico Luís Carlos Martins Morais, que deixou o PTB recentemente, em se candidatar a prefeito do município no pleito de 2016.

Disposto II - Dr. Luís, como é conhecido pelos goiatubenses, é conhecido por ser um crítico contumaz e ter opinião firme em relação a uma série de assuntos. Ele não costuma poupar críticas aos velhos políticos das Bananeiras.

Disposto III - O médico que é casado com a também médica Ana Rita, tem frequentado algumas rodas de conversações políticas e demonstrado seu interesse no pleito de 2016. Vamos aguardar novidades.

NO PÁREO

A ex-primeira-dama Márcia Helena do Carmo Cândido (PSDB), solicitou a sua assessoria jurídica que enviasse sua resposta à publicação feita pela Coluna na edição 302, de 9 de outubro, onde foi divulgado o resultado de seu julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) e que “A decisão do STF deve mudar os planos e a rota tucana para 2016”, ocorrido no mês passado. Em sua resposta, Márcia afirma que a informação é incorreta e poderá sim concorrer no pleito de 2016 e que seu recurso tratava-se exclusivamente das eleições suplementares de 2013, onde sua candidatura foi indeferida pelo STF. Segundo ela, “o resultado não tem condão de impedir que Márcia Cândido seja candidata a qualquer cargo eletivo nas eleições de 2016”, afirma a ex-primeira-dama no texto.

Como pode ser observado, a Coluna jamais afirmou que Márcia poderia ou não ser candidata, tanto, que na nota: “A decisão do STF deve mudar os planos e a rota tucana para 2016”, o verbo “deve” é transitivo e significa: “Ser provável que” (Dicionário Priberam). Apenas retratou que: “Em seu voto, o ministro Teori Zavascki destacou que, no caso em análise, não se trata de desincompatibilização, mas sim de ‘inelegibilidade’, pois, não sendo permitida a reeleição do prefeito, são inelegíveis também parente ou cônjuge. Segundo o ministro, o Supremo mantém o entendimento de que “quem pode reeleger-se pode ser sucedido por quem mantenha com ele vínculo conjugal. E assim o contrário, quem não pode reeleger-se, não pode por ele ser sucedido”, disse... (Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=301332). Como seu esposo está inelegível por 8 anos, juristas especialistas em direito eleitoral procurados pela Coluna, entendem que o voto do ministro Teori Zavascki e a posição do STF são muito claros do ponto de vista da “inelegibilidade dela”, dúvida que só será sanada em 2016, quando, em caso de candidatar-se, ela pedirá seu registro na Justiça Eleitoral, que pode conceder ou não o registro.

A Coluna lembra, que nunca negou direito de resposta ou ao contraditório a nenhuma pessoa nela citada. Inclusive, foi oferecido ao assessor jurídico de Márcia Cândido, espaço para uma entrevista em vídeo, com chamada no jornal impresso e veiculação no sito do jornal e redes sociais, onde ela teria amplo espaço para defender sua posição, espaço recusado mais tarde por seu esposo durante contato telefônico.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior