Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Vicentinópolis -

Justiça Eleitoral indeferiu registro de Dr. Gilberto

A Justiça Eleitoral de Vicentinópolis indeferiu nesta quinta-feira (1), o pedido de registro de candidatura Gilberto José de Oliveira Júnior (PMDB), o Dr. Gilberto, que pleiteava disputar o cargo de prefeito do município nas eleições de 2 de outubro. O candidato pleiteava o registro pela Coligação “Nasce Uma Nova Esperança”, formada pelos partidos PMDB / PT / PROS / PRP / SD / PR.

A sentença negando o registro da candidatura foi assinada por Danila Cláudia Le Sueur Ramaldes, Juíza da 45ª Zona Eleitoral que acompanhou o parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), que negava provimento ao registro, considerando Dr. Gilberto inelegível pelo fato de ser neto do atual prefeito, José de Oliveira Fernandes (PMDB), o Zé do Neca, que não se desincompatibilizou da função, conforme prevê a Constituição Federal, em seu Artigo 14, Paragrafo 7º, que trata das inelegibilidades por grau parentesco.

O pedido de impugnação de Dr. Gilberto foi apresentado pela Coligação “Unidos por uma Vicentinópolis Melhor”, liderada pelo ex-prefeito Neiton Ferreira de Ozeda (PSDB), o Branquinho, que é candidato pelo lado tucano. Com a decisão, começam as especulações em torno do nome do provável substituto. Dois nomes de políticos já experientes, um vereador e o outro ex-vereador, Roberto Sandim e Ari Trator Terra, respectivamente, são os mais cotados nos bastidores da politica local.

Enquanto isso, a campanha do adversário Branquinho, terá que tomar novos rumos, sob novas estratégias de marketing, para a disputa eleitoral. Ambas, as coligações já estão em plena campanha no corpo a corpo, com visitas domiciliares. Agora, é aguardar a definição do nome do novo candidato.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior