Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Porteirão -

Polícia Civil desvenda homicídio triplamente qualificado

A Polícia Civil de Goiás, através de uma equipe de Policiais Civis da Delegacia de Goiatuba, esclareceu o crime de homicídio ocorrido em 17/10/2015 na cidade Porteirão que teve como vítima Craviec Costa Gonçalves (foto acima).

Segundo o delegado Gustavo Ferreira, Douglas Aparecido da Silva (foto abaixo), na companhia de dois menores, atraiu a vítima, que era usuária de drogas, para um local ermo, onde havia uma construção inacabada com a promessa que utilizariam maconha. Ao chegarem lá, emboscaram a vítima atacando-a com golpes de faca, canivete, tijoladas e pedaços de pau. Após o primeiro ataque, deixaram a vítima agonizando no local, Douglas voltou na companhia de outro menor e novamente atingiu brutalmente a vítima com golpes de tijolos e com uma lança que transfixou o pescoço da vítima que indefesa morreu.

O crime ocorrido na noite do sábado para domingo, foi rapidamente apurado pela Polícia civil já na segunda-feira dia 19/10/2015.
Douglas foi preso pela Polícia Civil no mesmo dia da apuração do crime, após representação pela prisão preventiva realizada pelo delegado de polícia e foi indiciado por crime de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e emboscada. Dois dos menores envolvidos também já foram apreendidos e encaminhados a um centro de custódia provisória, onde estão à disposição do juízo da infância e juventude de Maurilândia-GO.
O crime abalou a pequena cidade do Sul do Estado de Goiás, pela crueldade com que agiram os autores e por sua pouca idade.

Pedaço de pau utilizado para matar Craviec

Lança usada no crime

Canivete usado no crime

Douglas, um dos acusados de participar do homicídio

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior