Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Pontalina -

Operação contra o tráfico termina com 25 presos

A Delegacia de Polícia Civil de Pontalina deflagrou na madrugada desta quinta-feira (06), iniciando as operações às 06h da manhã, operação policial com o objetivo de combater o tráfico de drogas na cidade de Pontalina (GO) e região. A ação contou com o apoio de 65 Policiais Civis, com Delegados, Agentes e Escrivães enviados pela 6ª Delegacia Regional de Itumbiara, assim, participaram da Operação as equipes da Polícia Civil de Pontalina, Joviânia, Goiatuba, Bom Jesus, Caldas Novas, Buriti Alegre, Morrinhos, 1º e 2 º DPs de Itumbiara, GENARC/Itumbiara, GEPATRI/Itumbiara e duas equipes do GT3, Grupo Tático da Polícia Civil.

A Operação Policial, que foi coordenada pela Delegacia de Pontalina, teve por objetivo o cumprimento de 23 mandados de Prisão Preventiva e 14 mandados de Busca e apreensão. As investigações realizadas pela equipe de Pontalina que serviram de suporte para tais medidas cautelares tiveram início no mês de março deste ano, sendo finalizadas no início deste mês.

Durante todo o processo de investigação policial foram identificados diversos alvos responsáveis pelo comércio de drogas em Pontalina e região, os quais restaram presos pela ação da polícia civil: seja por meio da prisão em flagrante, quando tais indivíduos foram surpreendidos no momento em que praticavam o crime, bem como por meio da representação por suas prisões preventivas e em cumprimento aos respectivos mandados de prisão.

Desta forma, a Operação culminou com a prisão de 25 pessoas envolvidas no comércio de entorpecentes na região (veja nomes em goiasinterior.com.br). A ação da Polícia Civil resultou, ainda, na apreensão de sete veículos, utilizados pelos investigados na prática do crime de tráfico de drogas.

Durante o cumprimento de um dos Mandados de Busca e Apreensão, na residência de Wesley Marques Barbosa, foram apreendidos diversos objetos utilizados em iluminação pública, sendo que o investigado informou que foi um funcionário da Prefeitura que deixou tais objetos no local. Será investigado se os objetos são produtos de furto.

Os presos encontram-se recolhidos na Cadeia Pública de Pontalina/GO à disposição do Judiciário local.

Relação dos presos na operação:

Maykon Douglas Rodrigues Costa, vulgo “CHICÃO”;

Tulio Silvério Prado;

Kaio Henrique do Santos, vulgo “GARÇA”;

Maykone Adão Caetano Teixeira, vulgo “MANIM”;

Elza Pereira Costa;

Cleone Gonçalves de Souza, vulgo “CUZINHO”;

Marcio Amancio Silva;

Katielly Gomes Arruda Almeida;

Fabio Junior Barbosa de Almeida, vulgo “TATÃO”;

Julio Borges Neto, irmão de TATÃO;

Gilson Barbosa de Almeida, pai de TATÃO;

Fleurípedes Custódio Borges de Almeida, mãe de TATÃO;

Dayvid Junior Marques da Costa;

Lenildo Miranda de Souza, vulgo “BURREGUINHO” ou “NENÊ”;

Nathan Alves da Silva;

Renan Divino Ferreira;

Wesley Marques Barbosa;

Jhonatan Bueno de Moura, vulgo “GAGUIM”,

Larissy Martins da Silva

Ronaldo Jose da Silva

Denisval Ramos dos Santos

Iran Machado Conceição

Marcos Antônio de Oliveira.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior