Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Morrinhos -

GENARC já supera apreensões de 2010


Droga apreendida pelo GENARC durante operação

GENARC já supera apreensões de 2010

 

Após 3 meses de investigação, na última sexta-feira, 24, por volta das 3 da madrugada, Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos de Itumbiara, o GENARC, com apoio de Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Morrinhos, deflagraram operação que culminou na prisão de Fábio Cleiber Cândido da Silva, 33, vulgo Fabinho, Carlos Rodrigues Cardoso, 27, vulgo Neném ou Gladiador, José Carlos Pereira Dias, 32 e de Claudinei Lino de Almeida, 29, com o bando foram apreendidos 31 KG de Cocaína.


Os traficantes são oriundos da Grande São Paulo, mais precisamente de São Caetano do Sul e Santo André e “montaram” uma de base de distribuição de Cocaína em Morrinhos,  visto que Fábio adquiriu uma chácara  de luxo, contando inclusive com piscina, localizada as margens da BR-153, próximo ao distrito de Rancho Alegre, situação que também mostra ousadia visto que a citada chácara ficava a menos de 2 KM do Posto da PRF em Morrinhos .


 Fábio e Carlos eram os líderes do grupo e ambos são foragidos da Justiça de São Paulo, contando atualmente com Mandados de Prisão em Aberto, Fábio por tráfico internacional de drogas e Carlos em razão de assaltos a banco. Os outros membros tinham função definida e exclusiva, sendo Claudinei exclusivamente responsável por transportar a droga de Ponta Porá (MS) até Morrinhos (GO) e José Carlos era quem fazia a entrega da droga de Morrinhos ao destino final.


Segundo as investigações, a mando de Fábio e Carlos, José Carlos fazia entrega de drogas em Teresina-PI, Salvador e Feira de Santana-BA, além de São Luís (MA), Goiânia e Morrinhos, para tanto usavam carros com compartimentos falsos, especialmente criados com massa de funileiro, cola e tinta preta e também em modelos acima de suspeita e novas como uma Hyundai Tucson.


Durante as investigações, Policiais Civis do GENARC fizeram Vigilância da chácara através de campanas em meio a mata que circunda a área, local em que ficaram nos últimos três dias observando movimentação dos traficantes, quanto então na madrugada, perceberam quando Claudinei chegava ao local conduzindo a Camionete Tucson, momento em que ele e os demais foram abordados e o carro revistado, tendo sido encontrados tijolos de cocaína em dois compartimentos falsos localizados no chassi do veículo, atrás das rodas traseiras, interrogado, confirmou que estava chegando de Ponta-Porã (MS), naquele momento.


Na continuidade das buscas na chácara, foi apreendido um tambor plástico de 200 litros, que estava enterrado a 1 metro de profundidade no solo, dentro dele mais tijolos da droga, perfazendo um total de 31 Kg.


Foram apreendidos 03 tipos diferentes de Cocaína na chácara: 1)  Cocaína em pó;  2) Cocaína escama de peixe (pura, já em pó compactado, considerada de 1ª linha para consumo da “elite” e 3) Pasta base de cocaína, esta última destinada a fabricação de CRACK e ÓXI, rendendo 5 vezes seu peso após transformada nessas duas drogas.


Junto aos traficantes FÁBIO e CARLOS foram apreendidas 02 caminhonetes e 01 motocicleta e farta documentação como comprovantes de depósito, endereços de pessoas no Nordeste do País e agenda com grande movimentação financeira.


Os quatro foram conduzidos a sede do Genarc em Itumbiara, onde foram autuados em flagrante delito por tráfico de drogas e associação para o tráfico, com causa de aumento de pena por se tratar de tráfico interestadual, crimes estes previstos nos artigos 33 e 35 e artigo 40 da Lei de Tóxicos.


Segundo Ricardo Torres Chueire, delegado titular do GENARC, “essa apreensão somada as outras já realizadas no 1º semestre de 2011 pelo Grupo, já excedemos todas as apreensões de Cocaína realizadas pela Delegacia em 2010, além disso, essa foi a maior apreensão da droga no Sul do Estado em 2011.


Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior