Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Itumbiara -

Usava condição de servidor público para roubar e traficar

Usava condição de servidor público para roubar e traficar


Na noite da última terça-feira (23), por volta das 20h, Policiais Civis do GENARC da 6ªDelegacia Regional de Polícia Civil de Goiás, chefiados pelo Delegado Regional Ricardo Chueire, efetuaram a prisão de Thiere Dias Oliveira (26),  ele que é motorista contratado pela Prefeitura Municipal de Itumbiara (GO) estava a disposição do Lar Vicentino (Lar dos Idosos) dirigindo uma Kombi pertencente a instituição para a realização de coleta de material de doação, transporte dos funcionários e idosos  da entidade.

Alvo de investigações da delegacia especializada, Thiere estava traficando drogas na cidade e, valendo-se da condição de motorista da kombi, desviava diariamente pequenas quantidades de combustível e as depositava em garrafas plásticas pet´s e galões  que eram armazenados em sua residência (foram apreendidos por volta de 300 litros entre gasolina e álcool)   e depois eram vendidos; fato que chamou a atenção dos investigadores é que o detido não tinha escrúpulos, uma vez que literalmente “tirava o pão da boca dos velhinhos”, pois em sua casa também foram apreendidos sacos de pães e outros alimentos, tudo também desviado do referido abrigo de idosos; pior é que ele afirmou aos policiais civis que usava o pão para alimentar galinhas em seu terreno.

Também durante as buscas na casa de Thiere, quer fica na rua V-11, no Bairro Cidade Jardim em Itumbiara, os Policiais Civis desenterram uma lata e um pequeno tambor que estavam cheios de Maconha,  um total de 16 (dezesseis) “tijolos”, com peso total de 8 quilos da droga, ainda na casa do preso foram apreendidas 02 balanças e papéis com anotações de controle de dívidas do narcotráfico, o que mostra definitivamente que ele estava atuando com intensidade no narcotráfico, inclusive durante as investigações os  investigadores suspeitaram que o mesmo poderia estar utilizando o veículo do lar para entregar drogas, mas tal situação não foi flagrada.

Ao fim da operação Thiere recebeu voz de prisão e foi conduzido a sede da Polícia Civil em Itumbiara onde foi autuado  por tráfico de drogas e apropriação indébita qualificada, crimes que resultam, respectivamente, de 5 a 15 e 1 a 4 anos de reclusão, em seguida foi remetido ao presídio regional de Itumbiara; a direção do Lar Vicentino foi contatada e ficou chocada com a situação e teve o combustível e alimentos restituídos pela Polícia Civil.


Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior