Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Itumbiara -

Polícia prende sequestradores coordenados por presidiário

Weverton comandava grupo de dentro do presídio

Na madrugada desta terça-feira (15), por volta das 03:00h, Policiais Civis de Itumbiara (GENARC e Plantão) e da Gerência de Operações de Inteligência da Polícia Civil, chefiados pelo Delegado Regional Ricardo Torres Chueire efetuaram a prisão de 5 homens acusados do sequestro de um casal de Itumbiara, na noite do dia 13 deste mês. O interessante é que um deles, que já está preso no Presídio Regional de Sarandi, em Itumbiara, coordenava a ação dos demais através de telefone celular.
As vítimas foram sequestradas em casa, após ter o imóvel invadido pelo grupo, que por fim deixou o local levando o casal em sua própria camioneta, e foram levadas para Morrinhos onde ficaram sob a vigilância em um cativeiro ainda não identificado. A partir daí, a família das vitimas passou a receber pedidos de resgate, que começam com um depósito de R$ 5.000,00(cinco mil reais), uma vez que diziam não estar satisfeitos com a Nissan Frontier 12/12, avaliada em R$ 100 mil, levada durante o sequestro.
Após o fato ter chegado ao conhecimento da Polícia Civil, durante o expediente da segunda-feira (14), ficou constatado que o grupo já era investigado pelo GENARC/6ªDRP, por prática de alguns assaltos em Itumbiara, inclusive sob o comando do presidiário Weverton Luiz Henrique Gomes Lourenço, 22, que está preso no Presídio de Itumbiara, acusado de homicídio, tentativa de homicídio, assalto, porte ilegal de armas e tráfico de drogas, para tanto ele se utilizava dos demais para operacionalizar suas ações, sendo eles seu primo Guolherme Augusto Lourenço Silva, 19, sem passagens, Denner Silva Amorim, 19, que ostenta  condenação por assalto em Minas Gerais, Weverton Igor Silva Campos, 19, passagens por formação de quadrilha e assalto, Macks Alander Eurípedes Oliveira, 26, sem passagens.
O grupo sempre era visto a bordo de um GM/OMEGA, vinho, em Itumbiara, justamente o carro que tem sido relatado por vítimas de assaltos a residência ultimamente, com a notícia do sequestro os Policiais Civis passaram a seguir e monitorar Guilherme e Maks, sendo que durante a tarde de ontem e chegaram a ver os mesmos em contato com familiares de Weverton Lourenço e assim se dividiram em duas equipes e uma delas acabou  seguindo a dupla até Morrinhos no intuito de localizar e estourar o cativeiro mas acabaram mesmo  visualizando os mesmos resgatando Denner e Weverton Igor, na praça do Terminal Rodoviário da cidade e em seguida deixando Morrinhos em direção a Itumbiara.
A partir daí a primeira equipe ficou encarregada de procurar as vítimas (resgatadas pelos Policiais Civis 40 minutos depois em um posto de combustíveis  na BR 153), ao passo que a segunda ocupou o posto da PRF e, com apoio dos Policiais Rodoviários Federais montou barreira, que deteve os 4  a bordo do GM/Ômega, isso após os mesmos tentarem fugir e ter os pneus estourados a tiros .
Em poder dos 4 foi apreendida uma arma de fogo tipo revólver, calibre 38, com numeração raspada, além de um anel de ouro, um relógio folheado a ouro e um celular pertencente as vítimas libertadas minutos antes.
Ainda durante a madrugada os Policiais Civis se deslocaram ao Presídio Regional de Sarandi em Itumbiara e solicitaram apoio aos Agentes Prisionais, sendo que estes imediatamente ingressaram na cela de Weverton Lourenço e o surpreenderam de posse de um aparelho de telefone, razão pela qual o mesmo foi entregue aos Policiais Civis para ser autuado com os demais.
Os detidos foram autuados pelos crimes de Extorsão Mediante Sequestro Qualificado (pena de 12 a 20 anos de reclusão), Associação Criminosa Armada (antigo crime de quadrilha ou bando armado, pena de 1 a 3 anos de reclusão) e porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada (reclusão de 3 a 6 anos).
Ainda durante a tarde de hoje estão sendo feitas diligências para tentar localizar a camionete levada durante a ação e também o local em que o casal ficou encarcerado nestes quase dois dias.

Sequestradores presos pela Polícia na BR 153

 

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior