Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Joãozinho assume secretaria de saúde pedindo paciência

O vereador João Batista Borges (PSB) (foto), o Joãozinho do Foto, assumiu o comando da Secretaria Municipal de Saúde de Goiatuba (SMS) esta semana e pediu para a população, servidores e fornecedores paciência, até que sua equipe consiga planejar alternativas para solucionar os problemas criados pelo déficit financeiro na Secretaria.

Joãozinho revelou que economizará cada centavo e que fará os cortes necessário para alcançar esse objetivo. O novo secretário revelou que infelizmente começará pelo corte de pessoal contratado e a dispensa de serviços não considerados essenciais para o funcionamento da Secretaria. “Vamos priorizar a utilização de mão de obra dos servidores efetivos, dispensar alguns serviços que nesse momento crucial seja possível passar sem, cortar despesas com pessoal e serviços que não gerem resultados para nossa população”, ressaltou.

Segundo Joãozinho, o desafio será enorme, pois o déficit é muito grande e uma série de procedimentos administrativos precisarão ser revistos. A economia começará com a mudança da Secretaria para os prédios da Praça José Neves de Oliveira (em frente ao Hospital Municipal). Os prédios estão sendo adaptados para receber a parte administrativa e o almoxarifado da SMS, sendo a mudança para o local em até 30 dias, economizando despesas com aluguéis, além de combustíveis e veículos que atualmente precisam se deslocar até a SMS que fica na região central da cidade.

Para o novo secretário não será possível reverter o quadro da Secretaria sem o envolvimento direto da comunidade usuária dos serviços de saúde, dos servidores, médicos prestadores de serviços e fornecedores. Em reunião com os médicos, Joãozinho conclamou a todos para colaborar e recebeu o compromisso dos profissionais que vão participar deste processo de reestruturação da Secretaria.

Na avaliação de Joãozinho, será necessário um bom tempo de economia e austeridade na Secretaria para recompor sua capacidade de atendimento e colocar a situação dentro da normalidade. Segundo ele, os médicos entenderam a situação e estão dispostos a resgatar a saúde municipal da UTI em que se encontra.

Joãozinho revelou que para alcançar a economia necessária, tanto a Secretaria, como todas as unidades de atendimento, incluindo o Hospital Municipal, vão ganhar novos mecanismos de controle. “Queremos ter controle total, desde o combustível de um veículo, do paciente que está usando um dos veículos ou ônibus, ao curativo ou cirurgia feito em um PSF ou no Hospital, até a alimentação ou medicamento que está sendo servida para o paciente internado no hospital, é preciso darmos uma resposta e rápida para a população que é a maior prejudicada e sem controle é impossível saber o que está acontecendo”, contou.

A Secretaria vai criar nos próximos dias um serviço de ouvidoria para receber as reclamações dos usuários dos serviços das unidades e filtrar onde estão os maiores gargalos para buscar soluções mais eficazes.

O novo secretário disse que nos próximos dias estará visitando o Ministério da Saúde para resolver o problema dos repasses para conclusão das obras das três Unidades Básicas de Saúde (UBS), que estão sendo edificadas no setor Buriti Park, Serra Dourada e Distrito de Marcianópolis. “As obras não estão prontas porque o Governo Federal não faz o repasse, vamos correr atrás para saber o que está acontecendo e concluirmos estas obras”, finalizou.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior