Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

GENARC prende mulher por tráfico

Cláudia, presa em Goiatuba pela equipe do GENARC por tráfico

No fim da noite de ontem o GENARC da 6ª DRP-Itumbiara realizou duas operações, sendo a primeira no município de Goiatuba, onde foi presa Claudia Gonçalves Fernandes, de 39 anos, que vinha mantendo uma boca de fumo na Rua Matogrosso, no Bairro Vila Rocha, em Goiatuba, onde ela comercializava dezenas de pedras de crack diariamente. 

Em campana no local, usuários foram flagrados comprando pedras de crack momento em que foram abordados e com eles apreendida uma porção da droga. Em busca domiciliar, na boca de fumo de Claudia, ainda foram apreendidas 18 pedras de crack idênticas àquelas que foram apreendidas com os usuários.

Concomitantemente, outra equipe do GENARC de Itumbiara também realizou diligências no encalço do conhecido traficante local chamado, Maxciel Pereira da Silva, vulgo CIEL de 21 anos, o qual foi flagrado vendendo porções de maconha na porta de sua casa para diversos usuários, tendo sido feita busca domiciliar na casa do indiciado e com ele apreendidas 8 porções de maconha, sendo 4 pequenas e 4 médias.

 Ademais, foi apreendida uma pistola PT 100, calibre .40, de uso restrito das polícias, possivelmente pertencente a um Policial Militar local (foi furtada meses atrás), com seu carregador e prolongador municiado, além de 89 munições de calibres diversos.

 No local ainda foram apreendidos objetos frequentemente utilizados em roubos, tais como perucas e chaves diversas. O indiciado é considerado extremamente perigoso, é suspeito de vários crimes graves ocorridos na região, em especial homicídios e roubos, além de ser um dos líderes do tráfico nos bairros Dona Marolina, Ladário de Paula e Norma Gibalde.

Claudia Gonçalves foi autuada em flagrante por Tráfico de Drogas, recolhida no presídio de Goiatuba e sua pena pode chegar a 5 anos de reclusão, já Maxciel Pereira da Silva foi autuado pelos crimes de Tráfico de Drogas, Posse Ilegal de Arma de Fogo e Receptação, podendo sua pena chegar à 25 anos de reclusão, sendo que ele foi recolhido ao presídio de Itumbiara. Fonte: 6ª DRP/Itumbiara.

Maxciel preso por tráfico e porte de arma e munições

Arma apreendida de uso restrito das polícias com Maxciel

Droga apreendida com Cláudia

Celulares, droga, arma, munições e perucas apreendidas comMaxciel

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior