Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Exame mostra saúde goiatubense em 4º lugar no país

A Revista Exame, em sua edição 1094, de 5 de agosto, apresenta uma ampla reportagem sobre um estudo exclusivo analisando as principais cidades do país, elaborado pela consultoria Urban Systems, e nele, Goiatuba aparece entre as cidades mais inteligentes e a 4ª melhor em saúde no Brasil. O estudo foi apresentado pela consultoria durante um evento organizado pela empresa paulista Sator, realizado esta semana em São Paulo.

No estudo, a Urban Systems analisou os 700 principais municípios do país, avaliando 70 indicadores de 11 áreas da gestão pública. As áreas analisadas pela consultoria são: economia, educação, empreendedorismo, energia, governança, meio ambiente, mobilidade, planejamento urbano, saúde, segurança, tecnologia e inovação. “As cidades inteligentes têm sustentabilidade econômica, promovem a qualidade de vida e preservam o meio ambiente”, diz Thomaz Assumpção, presidente da Urban Systems.

Na análise de município inteligente e que atua nesses setores, a região Norte do Brasil não teve nenhuma cidade classificada no ranking criado pela Urban Systems, que classificou os 50 melhores municípios do país. A região Nordeste apenas 6 cidades aparecem no ranking, todas metrópoles. A região Sudeste colocou 34 cidades entre as melhores, a região Sul apenas 6 cidades. A região Centro-Oeste colocou 4 cidades no ranking, Brasília (DF) em 4º lugar, Goiânia (GO) em 24º lugar, Campo Grande (MS) em 27º lugar e Goiatuba (GO) em 40º lugar, à frente de cidades como São Carlos, Guarulhos, Votuporanga, Marília, Indaiatuba e Araraquara (SP), Juiz de Fora, Ipatinga e Betim (MG).

A reportagem de 10 páginas, faz uma profunda avaliação sobre os municípios brasileiros e mostra o quanto ainda se pode evoluir em todos os indicadores. Só para se ter uma ideia, uma lista internacional elaborada pela escola de negócios espanhola Iese, as 10 primeiras cidades atingiram um resultado superior a 82% dos pontos possíveis.

Para o economista Edward Glaeser, da Universidade de Harvard, um dos mais respeitados estudiosos de questões urbanas, “cidades inteligentes propiciam um ambiente favorável para as pessoas serem produtivas e criativas. Perguntado se o mau momento na economia brasileira afeta as cidades, o economista ressaltou: “Não ajuda nada. As cidades americanas passaram por problemas econômicos na década de 70. Houve cortes de serviços e no orçamento da segurança, e isso levou ao aumento da criminalidade. É preciso avaliar onde há desperdícios e redirecionar os recursos para a segurança e educação, duas áreas importantes no longo prazo. Essa é uma forma inteligente de lidar com uma recessão”.

Toda equipe do Governo Municipal de Goiatuba comemorou os resultados apresentados pela Urban Systems, que mostra Goiatuba na 40ª colocação entre as cidades mais inteligentes do país e o 4º lugar no ranking brasileiro quando o assunto é saúde. Eles reconheceram que foram anos de esforços e investimentos que começaram ainda no final da década de 1990. Engana-se quem pensa que Goiatuba está satisfeita com a 4ª colocação, a cidade quer mais.

O prefeito Fernando Vasconcelos revelou que a administração municipal reconhece que a crise que atingiu todo o país e alguns problemas internos do município atrasaram alguns investimentos que provavelmente poderiam ter colocado o município na briga pelo primeiro lugar.

Fernando conta que a administração está trabalhando para melhorar a capacidade financeira da Saúde Municipal que em virtude da crise econômica enfrenta limitação na capacidade de investimento desde 2013. A Prefeitura está investindo na infraestrutura física, com reforma e ampliação de unidades de saúde, construção de três novas unidades e o reaparelhamento do Hospital Municipal. “Estamos felizes com os dados apresentados pela Revista Exame, mas vamos continuar buscando uma colocação ainda melhor, pois nosso povo é trabalhador e merece um serviço de saúde capaz de atender toda sua demanda”, completa.

SAÚDE

Um sistema de gestão online permitiu a cidade de vitória aumentar o número
de atendimentos na rede de saúde pública.

Fonte: Urban Systems/Revista Exame

AS MAIS INTELIGENTES

A consultoria Urban Systems analisou 700 municípios para elaborar um ranking com as
50 cidades que usam melhor as ferramentas tecnolócicas e de informação. Total dos pontos possíveis: 63

 
Fonte: Urban Systems/Revista Exame

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior