Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Envelhecer com qualidade de vida e segurança

Envelhecer é um processo natural. Diz um ditado que só não envelhece quem morre jovem. Mas envelhecer com qualidade de vida é um processo que deve ser construído ao longo do tempo. Algumas pessoas tem a sorte de aos 85 anos ou mais, continuarem a serem independentes, tanto física como mentalmente. Essas pessoas não precisam da ajuda de outras pessoas para se manterem. Outras podem contar com os filhos, filhas e/ou netos para auxiliarem nas suas tarefas diárias.

Mas muitos não têm essa sorte e vão parar nos abrigos para idosos, onde são cuidados por pessoas desconhecidas e despreparadas. Alguns familiares por falta de tempo ou paciência contratam cuidadores para cuidarem dos seus velhos, mas não exigem que o contratado tenha formação técnica para isso e, por isso, é comum ver nas ruas alguns idosos serem arrastados por seus “cuidadores”, que ao invés de realmente cuidar, observando o desnível e os obstáculos da via estão dependurados em seus telefones celulares. Será que essas pessoas levam seus veículos ou máquinas para mecânicos não capacitados? Ou contratam operadores sem preparo para operar suas máquinas? Pensando nisso, e talvez legislando em causa própria, pois pretendo envelhecer bastante é que procuramos entender a importância do curso de CUIDADOR DE IDOSOS.

O Instituto Tecnológico do Estado de Goiás Jerônimo Carlos do Prado – ITEGOJCP (antigo CEP) oferta o curso na sede e em todos os COTECS e Unidades Remotas. Inclusive as inscrições encontram-se abertas.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior