Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Caso Bony Jr. : Corpo é exumado


Veículo do IML próximo ao túmulo de Bony Jr.

Caso Bony Jr. : Corpo é exumado


Médicos Legistas do Instituto Médico de Goiás exumaram no final da manhã de ontem o cadáver do cantor sertanejo José Bonifácio Sobrinho Júnior, o Bony Jr., morto no dia 28 de outubro durante operação policial, na GO – 515 que liga Goiatuba a Panamá.
O objetivo da exumação do cadáver era para retirada de projeteis de arma de fogo que atingiram o cantor durante a operação, através dos quais a Polícia Civil pretende identificar de que arma partiu os tiros e identificar o policial responsável pelos disparos.
Segundo a Polícia Civil, os policiais modificaram o cenário onde aconteceu a morte do cantor e afirma que a arma encontrada no carro de Bony Júnior pela perícia que esteve no local é estranha ao fato e que os supostos tiros disparados contra as viaturas da Polícia Militar seriam impossíveis fisicamente de serem disparados pelo cantor.
O delegado de polícia Dr. Gustavo Carlos Ferreira, responsável pelo inquérito revelou à nossa reportagem que foi retirado um projetil para os exames necessários e que a Polícia Técnico-Científica tem 10 dias para produzir o laudo. A expectativa do delegado é que não sejam necessários novos exames para concluir o inquérito ainda no mês de janeiro. Caso contrário precisará um pouco mais de tempo. A família de Bony Jr. acompanhou todo trabalho dos médicos legistas.


Familiares reunidos com o delegado Dr. Gustavo

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior