Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiânia -

Marconi presta contas dos investimentos da Saneago

Marconi presta contas dos investimentos da Saneago

O plano de expansão da Saneago investe aproximadamente R$ 3 bilhões nos sistemas de água e esgoto, em 225 dos 246 municípios do Estado. Em solenidade que lotou a concha acústica do Centro Cultural Oscar Niemeyer e que contou com presença do ministro de Cidades, Aguinaldo Ribeiro, o governador Marconi Perillo prestou contas dos investimentos feitos na empresa, rumo à meta de universalização do tratamento de água e esgotamento sanitário.

Ao discursar, o governador comparou os atuais números da Saneago com a realidade da empresa quando ele assumiu o governo pela primeira vez, em 1999. Na época, existiam apenas 17 Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) em todo o Estado, hoje já são 82, com mais 12 em construção e 19, já construídas, sendo ampliadas.

De acordo com o governador, a Saneago fornece hoje água tratada para 5.245.996 pessoas, ou seja, 93,6% da população tem acesso à agua tratada e 44,7% desfrutam de rede de esgotamento sanitário. A meta, enfatizou Marconi, é chegar aos 100% em ambos os serviços, nos próximos anos.

De três anos para cá, de acordo com governador, foram investidos mais de R$ 1 bilhão em obras de ampliação e construção de redes de água e esgotamento sanitário, beneficiando diretamente 500 mil pessoas. “Os números não mentem, eles falam por si mesmos”, disse o governador. Marconi ressaltou ainda que, em fevereiro, a Saneago conquistará o certificado ISO 9001 em 50% do serviço de fornecimento de água.

Dirigindo-se ao ministro Aguinaldo Ribeiro, Marconi agradeceu a presidente Dilma Rousseff pelo tratamento republicano” dispensado a Goiás, que foi um dos Estados que mais conseguiram captar recursos federais para obras de infraestrutura sanitária. Só na elaboração de projetos, a Saneago aplicou R$ 100 milhões. “Serei eternamente grato ao senhor, ministro, e à grande parceira, grande benfeitora de Goiás, que é a presidente Dilma”, disse Marconi. Citando um princípio bíblico, o governador afirmou: “Dai a César o que é de César. Não teríamos condições de apresentar esse portfólio de investimentos, não fosse o apoio da presidente Dilma Rousseff e do ministro Aguinaldo Ribeiro”.

O ministro, em discurso de improviso, ressaltou os investimentos do governo federal em saneamento básico, segundo ele próximos de R$ 20 bilhões. Citando Saint-Exupéry, para quem o “o essencial é invisível aos olhos”, Aguinaldo Ribeiro enfatizou a importância do saneamento, “algo essencial, mesmo que invisível aos olhos”.

De acordo com Ribeiro, a exemplo do governo de Goiás, a grande meta do governo federal é a universalização do sistema de água e esgoto. “Em 2006, nós gastamos R$ 500 milhões em investimentos. Em 2012, foram R$ 600 milhões apenas em projetos”, enfatizou o ministro, ao ressaltar que somente este ano foi contratado com o governo de Goiás R$ 1,8 bilhão em investimentos no saneamento básico.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior