Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiânia -

Hospitais públicos em Goiás receberão serviço de Registro de Nascimento

Hospitais públicos em Goiás receberão serviço de Registro de Nascimento

A partir de hoje, mais de 32 maternidades e hospitais públicos em Goiás terão o serviço de Registro Civil de Nascimento.  Em solenidade realizada na Secretaria de Cidadania e Trabalho, em Goiânia, o vice-governador José Eliton, juntamente com o secretário de Cidadania e Trabalho, Henrique Arantes, assinaram de forma simbólica um termo de entrega de equipamentos, como computadores armários e mesas à primeira unidade beneficiada, o Hospital Materno Infantil.

O programa intitulado ‘Direito ao Nome’ tem como objetivo assegurar o registro de nascimento gratuito para pessoas de baixa renda através de um sistema interligado de Registro Civil. O projeto é uma parceria da Corregedoria Geral de Justiça de Goiás, Secretaria Nacional dos Direitos Humanos, Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social de Goiânia e Serviços de Registro Civil.

Representando o governador Marconi Perillo, o vice José Eliton ressaltou em seu discurso que essas parcerias buscam colocar Goiás como “líder nacional em registro civil” com objetivo de possibilitar que todas as pessoas tenham acesso aos direitos dos cidadãos. Lembrando todos os programas sociais realizados pelo Governo do Estado, através da secretaria de Cidadania e Trabalho, José Eliton disse que Goiás é o estado que mais cuida das pessoas com amparo e zelo pelo cidadão.

“Nós temos a maior rede de proteção social do Brasil. Temos a tradição de colocar Goiás na vanguarda dos programas sociais. Vários dos programas realizados em Goiás são exemplos para o Governo Federal”, finalizou o vice-governador parabenizando a secretaria pelo bom trabalho desenvolvido em prol da população.

O secretário Henrique Arantes, por sua vez, acredita que esse programa é um grande exemplo para erradicação do sub-registro e também acrescentou que as pessoas tem o direito de “nascer cidadão e ter acesso a saúde pública, educação”, sendo o registro o primeiro passo para a cidadania.

O programa vai qualificar mais de 980 agentes mobilizadores para o Registro Civil de Nascimento. Essas pessoas são profissionais que já atuam na saúde, educação, assistência social, conselhos tutelares, funcionários de cartórios, entre outros.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior