Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiânia -

Governo cumpre meta de redução de gastos

Os órgãos públicos da administração direta do Governo estadual estão cumprindo as metas de reduções de despesas mensais, pactuadas há quase um ano, a despeito da inflação que voltou a assolar o País. Este é o resultado da avaliação mensal dos 11 líderes de Pacotes de Despesa de Custeio, coordenado pela Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan).

Na reunião realizada na manhã desta quinta-feira, dia 11, no miniauditório da Segplan, o superintendente Executivo de Gestão da Segplan, Antônio Eurípedes de Lima, anunciou que todos os órgãos da administração direta do Governo estão cumprindo suas metas de redução do limite de gastos. Disse que, no início de outubro, serão apresentados os números finais do balanço para o secretário Joaquim Mesquita.

“Estamos vigilantes com as contas de todo o Governo. A ordem do governador Marconi Perillo e do secretário Mesquita é qualificar os gastos de custeio para garantir mais investimentos do Estado em obras de infraestrutura, na educação, na saúde e na segurança”, afirmou.

Os líderes de Pacotes de Despesa de Custeio monitoram, diariamente, os gastos de custeio com a manutenção da frota de veículos, com o sistema de Tecnologia da Informação, as despesas com as concessionárias de serviço público (água, luz e telefone), com a locação e manutenção predial e outras.

Contudo, segundo Antônio Eurípedes as maiores dificuldades do Governo para manter os gastos com o custeio da máquina dentro de limites pré-estipulados são referentes às emergências. Ele citou os casos de surtos da dengue, do zika vírus, da H1N1 e agora da suspeita de febre amarela, em Luziânia. “São gastos que fogem da nossa meta e temos de adotar medidas para compensar as despesas não planejadas”, afirmou.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior