Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Edeia -

Festa em louvor a Santo Antônio


Barraquinhas com atrações para visitantes

Festa em louvor a Santo Antônio


O Padre Antônio Pires Galvão, pároco de Edéia, os festeiros Paulo Tótoli e sua esposa Betânia, a população de Edéia e visitantes estão em clima de festa, homenageando Santo Antônio, padroeiro do município. Esta grande festa é esperada o ano todo, pelos edeenses. É um verdadeiro encontro de gerações que acontece nesta ocasião. Pessoas que se mudaram, parentes que um dia partiram, voltam nesta época, para reencontrarem seus amigos e familiares. É uma grande comunhão de amizade e fé que acontece durante os festejos. Uma emocionante alvorada, fogos de artifício, muita música e um belíssimo café da manhã marcaram o início da tradicional festa no dia 05 deste mês.

Diariamente, são celebradas por Padre Antônio, belíssimas missas arrebanhando centenas de fiéis. A famosa “BARRACA DA IGREJA”, administrada, com tamanho carinho, pela comunidade católica, os badalados leilões, barraquinhas, atrações circenses, numa profusão de alegria e dedicação cristã, movimentam os vários dias de homenagem ao padroeiro. A cidade se modifica e se rende ao encanto da tão esperada festa. No dia 13, dia de Santo Antônio, as festividades se voltaram, efetivamente, para a grande “MISSA”, em louvor ao “Padroeiro”, foi considerado o ápice das comemorações. A Igreja Matriz, ora tão espaçosa, se tornou minúscula para tantos fieis, porém, a população, não desistindo de praticar sua fé, mesmo do lado de fora da igreja, assiste ao belíssimo evento religioso. Para enriquecer mais a festa de Santo. Antônio de Edéia, os casais  comemoram o “Dia dos Namorados”, juntando-se ao “Santo Casamenteiro,” trocando presentes, fortalecendo os laços que os enlaçam, abrilhantando ainda mais, o grande acontecimento.

No último dia de festa, domingo próximo, tradicionalmente, as comemorações serão encerradas com a realização de uma grandiosa procissão em devoção ao grande homenageado, Santo Antônio, embalada por hinos de louvores que tanto encantam e emocionam o povo edeense. E mais uma festa de Santo Antônio se vai e fica a ansiedade de um povo, que espera o ano todo, “o ano que vem”, para mais um reencontro, para mais uma comunhão de fé!

 


Espaço confortável para os visitantes foi o que não faltou

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior