Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Edeia -

Aluna é destaque no Projeto "Palavras que Florescem"


Marília e Euza

Aluna é destaque no Projeto “Palavras que Florescem”

 

No dia 24 de agosto passado, foi realizada a etapa regional do Projeto “Palavras que Florescem”, na Escola Ebenezer, em Palmeiras de Goiás. A Escola Municipal Alzira de Oliveira Alves, de Edéia, participou com a aluna Marília Vigilato Costa, do 5ª Ano, que conquistou o 1º lugar na categoria Contadores de História do 1º ao 5º Anos. Esse projeto foi criado pela Subsecretaria Regional de Educação de Palmeiras, realizado pela Secretaria Municipal de Educação de Edéia e desenvolvido pelas Escolas do Município de Edéia, com o objetivo de incentivar o aluno tanto na leitura como na escrita e também, promover um desenvolvimento que venha facilitar seu entrosamento social. Marília é aluna da Profª. Euza Maria Gonçalves, venceu em sua categoria apresentando uma história relacionada ao folclore “Papai não é peixe” de Marilene Felinto. Foram vários vencedores, cada um em sua respectiva categoria, dentre eles, Marília levou para sua ESCOLA, colegas, professores, em especial, para sua professora EUZA, o título pelo qual se propôs a conquistar ao participar do projeto. Questionada sobre a importância do projeto, a Profª Euza salientou que atividades dessa natureza são muito importantes para os alunos, nesta faixa etária e nível escolar, em que eles recebem uma carga de responsabilidade muito grande e cobranças de todos os lados. “Tenho a convicção de que projetos como este, levam o aluno a conhecer o mundo fantástico da leitura, enriquecendo o seu intelecto, a sua visão de mundo, os valores essenciais a sua vida. Parabenizo a todos os alunos participantes do projeto, em especial, a minha aluna Marília e quero dizer-lhe que valeu todo o seu empenho, seu esforço, sua dedicação e que todos nós estamos muito orgulhosos de sua conquista e dizer também, que o professor sempre acredita no potencial do seu aluno e quando o aluno também acredita, é este o resultado final,” concluiu. (Vilma Pontes Lacerda)

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior