Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Caldas Novas -

Polícia prende acusados de homicídio

A equipe da Policial Civil da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente – DPCA, de Caldas Novas, sob o comando da Delegada Sabrina Leles de Lima Miranda, após intensa investigação, cumpriu Mandado de Prisão Preventiva, expedido judicialmente em desfavor de Johnathan Silva Bernardes, de 23 anos de idade e Lucas Pereira de Farias Silva, de 20 anos de idade, conhecidos como “Jonatan Flecha” e “Lucas Motorzinho”, os mesmos serão indiciados pelos homicídios de Luis Fernando Ferreira Justino, de 17 anos de idade e Wesley Gabriel Machado de Moraes, de 15 anos de idade, bem como pela tentativa de homicídio de José Fábio Alves de Oliveira.

Os homicídios ocorre-ram, na cidade de Caldas Novas, no dia 30 de maio, por volta das 23:30hs, na porta da festa denominada “Black Out”, as vítimas aguardavam na porta para adentrarem a festa, quando foram surpreendidos por Johnathan, que de arma em punho chegou no local desferindo tiros contra o alvo Luis Fernando, que após ser atingido correu para o interior do local, e o autor dos disparos o seguiu desferindo diversos outros tiros, que atingiram fatidicamente a vítima Wesley Gabriel, e o segurança José Fábio.

As imagens do crime foram amplamente divulgadas na imprensa local, e desde os primeiros momentos das investigações já havia sido levantado pelos Agentes de Polícia Civil que “Jonatan Flecha” e “Lucas Motorzinho” seriam os autores, e que Johnathan seria quem atirou nas vítimas e Lucas era quem pilotava a motocicleta para proporcionar fuga ao comparsa.

Através das inves-tigações a Polícia concluiu que a motivação do homicídio contra Luis Fernando seria uma rixa existente, através de um grupo social de WhatsApp, denominado “Estrelas”, através do qual, os componentes de turmas rivais, se desafiavam com fotografias em que ostentavam armas de fogo. Conforme afirmado pelo próprio Lucas, o mesmo disse ter enviado uma imagem em que ele pilotava uma motocicleta para o garupa armado, pois os “caras pagavam de bichão no grupo Estrelas”, ou seja, fazendo referência aos constantes desafios por poder de armamentos em que os componentes do grupo social realizavam.

Também se verificou que a vítima Luis Fernando constantemente enviava recados ao autor Johnathan, dizendo que iria comprar uma arma de fogo para acertar contas com o mesmo, pois considerava Johnathan o autor da tentativa de homicídio praticada no dia 9 de maio deste ano, contra um amigo seu e também o considerava autor de roubo de celular que Johnathan havia sofrido.

Johnathan e Lucas serão indiciados pelo duplo homicídio qualificado contras vítimas Luis Fernando e Wesley Gabriel, e também pela tentativa de homicídio qualificado contra o segurança José Fábio.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior