Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Buriti Alegre -

Polícia procura gado encontra arma

Polícia procura gado encontra arma

Em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Criminal de Buriti Alegre os Policiais Civis  da delegacia de Buriti Alegre, com o apoio de Policiais do GENARC de Itumbiara prenderam na quarta-feira (6) Cícero Rodrigues Freitas (38). Com o preso foi apreendido um verdadeiro arsenal de altíssimo poder lesivo, sendo: 02 revólveres calibre 38; 01 espingarda calibre 12; 01 fuzil calibre 7.62; 02 pistolas uma calibre 9mm e outra cal 45; 01 submetralhadora de fabricação americana cal 9mm; 01 silenciador; e, mais de 300 munições de vários calibres.

As pistolas, o fuzil e a submetralhadora são armas de uso restrito, assim como o silenciador; os revólveres são de uso permitido, entretanto, não foi apresentado nenhum registro que comprovasse a propriedade. Também foram aprendidos vários materiais de pesca subaquática e de mergulho. Curiosamente, alguns dos tipos de arma apreendidos na ação são normalmente usadas em assaltos a agencias bancárias, como as pistolas 9mm e 45, a submetralhadora, o fuzil e espingarda calibre 12, situação que será posteriormente investigada pela Polícia Civil.

A INVESTIGAÇÃO - A investigação teve início com o furto de duas cabeças de gado de uma fazenda do município. Os agentes descobriram que os rastros do gado e da caminhonete que transportou os animais tinham fim na porteira de uma chácara no condomínio Pontal Lago das Brisas, local onde foram apreendidas as armas. Diante disso, o delegado Marco Antônio Maluf Sóler, que coordenou a investigação preliminar  e operação de quarta-feira,  representou pela busca e apreensão no imóvel, com vistas a encontrar provas para a solução do caso do furto de gado. Quando adentraram o rancho, as equipes de policiais encontraram o caseiro Cícero e durante a busca encontraram as armas, munições e equipamentos de pesca predatória e mergulho. A chácara pertence a Eduardo Antunes, que reside em Goiânia. Ele usa a chácara aos finais de semana para lazer e aluguel de temporada. Cícero foi autuado em flagrante por posse de arma de fogo de uso permitido (artigo 12) e de uso restrito (artigo 16) da lei nº 10.826/2003 e após a lavratura do Auto de

Prisão em Flagrante na sede da GENARC, em Itumbiara, o preso  foi conduzido à cadeia pública de Buriti Alegre, que segue na conclusão do inquérito. Somadas as penas podem chegar a 09 anos de prisão.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior