Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Buriti Alegre -

MP aciona dois vereadores por contratar servidores fantasmas

O promotor de Justiça Rodrigo César Bolleli Faria está acionando os vereadores de Buriti Alegre Roberto Ferreira e Félix Aparecido Alves por improbidade administrativa e também os professores da rede estadual Marta Gomes Machado e Cássio Evangelista Borges, contratados pelos parlamen-tares como servidores na Câmara Municipal de Buriti Alegre. A estimativa é de que o prejuízo ao erário foi de R$ 42.504,00. O promotor requereu liminarmente o bloqueio de bens dos acionados nesse valor como forma de garantir os danos.

O promotor apurou que Cássio, além do cargo comissionado de assessor legislativo, exercia também o cargo de professor da rede estadual de ensino, com carga horária de 30 horas semanais, enquanto Marta, também assessora de vereador, sequer residia em Buriti Alegre, sendo dona de casa em Aparecida de Goiânia. Ambos recebiam os salários do Legislativo municipal sem prestar serviços para os quais supostamente foram contratados.

Diligência do MP constatou a ausência dos servidores, em datas distintas, que, confrontadas com a folha de frequência, indicava que eles assinavam o documento sem efetivamente terem comparecido no local de trabalho.

Ouvidos pelo promotor, os vereadores confirmaram a contratação dos servidores, tendo Roberto contratado Cássio e Félix empregado Marta. Nos dois casos, suas frequências eram atestadas pelos parlamentares, não havendo nenhum controle sobre as tarefas e atividades exercidas pelos funcionários fantasmas, em contratos que duraram entre janeiro e novembro de 2017. Marta recebia ilegalmente R$ 1.240,00 e Cássio R$ 1.288,00 mensais.

Fonte: (Cristiani Honório/ASSCOM do MP-GO).

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior