Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
João Baptista Herkenhoff -

Temer decreta o atraso

Ë impressionante a competência do atual Governo no seu deliberado propósito de liquidar com avanços históricos. Esses avanços foram conquistados através de gerações, com muita luta, ã custa da prisão, tortura e assassinato de líderes.

Vejamos alguns itens do programa antipovo do atual Governo.

1 – Está pretendendo realizar uma reforma trabalhista que reduzirá os direitos dos trabalhadores. A resistência do mundo operário está sendo muito grande, o que poderá levar o Governo a uma derrota.

2 – O Governo está tendo o desplante de desrespeitar a gravidez, brutalidade que até mesmo governos conservadores não praticaram para que seus líderes não passarem à História com a etiqueta de monstros.

3 – Ainda o atual governo (com letra minúscula) deseja esvaziar o currículo das escolas de disciplinas que formam a consciência crítica, pois a consciência crítica é capaz de opor-se aos retrocessos. Escola que ensine apenas técnicas – lidar com máquinas, fazer contas, repetir sem refletir – é escola bastante adequada para que prospere o projeto antipopular e escravagista em andamento no Brasil de hoje.

Fui professor de uma disciplina que se chamava Organização Social e Política do Brasil (OSPB). Alguns de meus alunos tornaram-se figuras importantes na política, em sindicatos, na imprena. Tive a alegria de constatar que, na condição de professor, havia contribuído para a opção que fizeram na vida.

Os mestres ganham mal, porém ninguém lhes furta esta glória. Nenhuma profissão é tão importante num país quanto a de professor, em todos os graus de ensino – primário, secundário e superior.

Os crimes ocupam hoje o noticiário de jornais, emissoras e radio e televisão. Os protagonistas desses episódios nao tiveram a chance de frequentar uma boa escola. Estiveram, desde a infância, à margem de cuidados. Constatei este fato através de uma pesquisa que veio a ser publicada em livro com o título – Crime, tratamento sem prisão.

Um grande programa de excelente educação do povo previne a delinquência e custa muito mais barato que a manutenção dos presídios.

É atual a advertência do grande escritor e pensador francês Victor Hugo – quem abre uma escola fecha uma prisão.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior