Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
João Antônio Pagliosa -

Breve história de Ana

No livro de 1 Samuel, capítulo 1, lemos que Elcana, um homem da região montanhosa de Efraim, tinha duas mulheres. Uma se chamava Ana, e a outra, Penina.

Penina tinha filhos de seu marido, Ana, porém, não os tinha... E Ana chorava e vivia de coração triste porque não conseguia engravidar... Ela queria muito dar um filho a seu marido, à quem muito amava. E Penina, sua rival, a provocava excessivamente para irrita-la, porquanto o Senhor lhe havia cerrado a madre... Vida difícil a de Ana... Mas Ana confiou no Senhor, e orou, e fez-lhe um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos, se benignamente atenderes a aflição de tua serva, e de eu lembrares, e da tua serva não esqueceres, e lhe dares um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias de sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

O sacerdote Eli observou a oração contrita de Ana, e disse-lhe: Vai-te em paz, e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste. E Ana foi para sua casa, e comeu, e o seu semblante já não era triste... E Elcana a amou, coabitou com ela e, lembrando-se ela o Senhor, ela concebeu e teve um filho a quem chamou Samuel... E Samuel, ainda muito criança, foi levado por Ana, ao sacerdote Eli... E ela disse ao sacerdote: Ah, meu senhor, eu sou aquela mulher que esteve contigo orando ao Senhor.

Por este menino orava eu, e o Senhor me concedeu a petição que eu lhe fizera. Pelo que o trago como devolvido (consagrado) ao Senhor, por todos os dias que viver; pois do Senhor eu o pedi. E juntos, os três adoraram ali, ao Senhor! Prezado leitor, o sonho de Ana se realizou porque ela depositou toda a sua confiança no Senhor... Não há impossíveis para Deus, por isso se você precisa um milagre em sua vida, ajoelhe-se perante Ele... E peça o que deseja em seu coração... E confie! Samuel tornou-se grande profeta do Senhor e Ana se regozijou em Deus, e por ser mulher fiel, o Senhor a abençoou com mais três filhos e duas filhas... Que maravilhosa glória...

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior